quinta-feira, 14 de julho de 2011

Secretaria prepara programa de inclusão e acessibilidade

O objetivo é promover uma série de ações e políticas públicas que compreendam todas as demandas e necessidades das pessoas com deficiência.


No aniversário de três anos da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência – 8 de julho -, a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR)Site externo., Maria do Rosário, defendeu uma força tarefa dos movimentos sociais ligados ao segmento para a plena implementação da convenção. O pedido foi feito durante reunião do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com deficiência (Conade)Site externo., que teve início na última quarta-feira (6) na SDH, em Brasília. 

Na ocasião, a ministra informou aos conselheiros que o governo prepara um amplo programa de inclusão e acessibilidade para as pessoas com deficiência, que terá como principal eixo orientador a Convenção Nacional. “Queremos uma ampla participação de todos os atores governamentais, sociedade civil e entidades ligadas às pessoas com deficiência. É hora de muita unidade para efetivarmos a implementação da convenção, que é uma conquista histórica para este segmento”, destacou Rosário. 

O objetivo do programa, segundo a ministra, é promover uma série de ações e políticas públicas que compreendam todas as demandas e necessidades das pessoas com diferentes tipos de deficiência. “Faço um chamamento para que todos os segmentos, aqui representados, apresentem suas contribuições ao programa, tão logo ele for anunciado”, enfatizou. 

A ministra parabenizou o Conade pela escolha do Secretario Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José Ferreira, para vice-presidência do Conselho, representando o governo e lembrou que sua atuação política no segmento sempre foi de grande destaque. “Eu considero que este é um marco importante na atuação conjunta de governo e Conade. Temos muito a fazer daqui para diante”, concluiu.

Fonte: http://www.direitoshumanos.gov.br/Site externo.

Nenhum comentário: